Category Archives: ALASKA 2012

Primeira part terminou. First Part ended.

Como a viagem do Gildo terminou ( primeira parte) é melhor vocês verem as fotos direto no facebook dele.

o link é este aqui:

As the first part of Gildo’s trip has ended, it is best to see his pictures direct on his Facebook page. Here is the link:

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=4001080181275&set=a.3768646850587.162745.1109162058&type=3&theater

A caminho de Seattle. Destination Seattle

Aqui vai o relato direto do Gildo ( achei melhor reproduzir suas palavras para ficar mais autentico. Sorry, não mandou nenhuma foto nova, mas dá pra entender o porque.

cheguei bem. Estou em um hotel em Dease Lake a 720km de Prince Ruppert. Vou fazer um resumo depois que falei com vc em Fairbanks:

Depois que cruzei a fronteira do Canada, o tempo fechou e começou a chover ventar e esfriar muito(5.5 graus Celsius) . Minha idéia era tentar chegar a Whitehorse mas não aguentei a chuva e o frio e dormi em Haines junction. Liguei a luva eletrica da Gerbings no maximo, mas com chuva a ponta dos meus dedos começaram a doer. Na bota entrou um pouquinho de agua mas com o aquecimeto deu para suportar. O negocio é muito bom, estava ate pensando se pifasse eu iria ter uma hipotermia. Agora vi que funciona mto bem para clima seco mas chovendo com vento, o calor gerado acaba indo embora. Agora ja sei que o certo é colocar a capa de chuva da BMW por cima de tudo, assim é feita uma barreira exterior e o calor gerado fica mantido. Com o insert não da.
Hj acordei as 7 em ponto, pois queria sair cedo, mas acabou nao dando pois tive uns problemas para resolver na empresa e acabei saindo as 10:15h. 
Vi uma familia de ursos Grizzly na estrada, a mae e dois filhotes. Dava vontade de pegar eles no colo.
Amanhã saio cedo, pois quero chegar cedo para conhecer a cidade. 
Here are the translation of Gildo own words:

I got well. I’m in a hotel in Dease Lake on my way to Prince Ruppert, 720km from here. I’ll do a summary after I talked to you in Fairbanks:
After I crossed the border into Canada, the weather closed and it started raining, windy and cold (42 degrees) as hell. My idea was to try to get to Whitehorse but could not stand the rain and cold and slept in Haines Junction. I turned on the electric glove Gerbings at the highest setting , but with the rain, the tips of my fingers started to hurt. On the boott a little bit of water entered, but with the heating turned on, I was able to bear it. The equipment is very good and I was wondering if I would have not worked, I would get hypothermia. Now I saw that it works well for dry weather but if is raining and  windy the heat just scape. Now I know that the right thing to do is to put the BMW rain coat over everything, so it made an outer barrier and the heat generated is maintained. Today I woke up at 7 o’clock, because I wanted to leave early, but ended up not, because I had some problems to solve in the company and ended up leaving the 10:15.
I saw a family of grizzly bears on the road, mother and two cubs. Made you want to catch them in my lap.
Tomorrow I leave early, because I want to arrive early to know the city.

PS: This is Homero: Unless I receive Comment from the English readers following the blog, I will only publish it in Portuguese. So, please let me know if anybody needs it in English. Thank you.

Ele conseguiu. He did it…

Ontem as 2 da manhã gildo me ligou todo entusiasmado, que decidiu, depois de cruzar o circulo Artico, seguir em frente até Prudhoe bay ( Vá no google Earth e escreva Prudhoe bay, Alaska, e faça um zoom pra ver que lugar lindinho de GELADO !!! Gildo foi , tirou uma foto ( tava chovendo, frio etc, aquela delicia que fazem a festa pros Masoquistas…)

Hoje de manhã ele partiu de Fairbanks, Alaska, e está tocando direto para Heines Junction, para pegar um barco dia 12 para Prince Ruppert, no Canada. Vejam as fotos.

Last night at 2 am, Gildo called to say he decided to continue from the Arctic Circle to Prudhoe bay. It was cold, raining, but he said the trip was worth it, desolated and beautiful scenery. This morning he left fairbanks and is at this moment, driving to Heines junction trying to catch a boat to Prince Ruppert in Canada. Enjoy the pictures.

The Arctic Circle. Circulo Artico.

Mt. McKinley The highest peak in the USA. O ponto mais alto da America.

Assim que é bom… Deserto. Note o encanamento de petroleo ao lado. This is how we like: Desolated.Note the Alaska pipeline on the side.

Só não pode chover, senão vira sabão. It is fine until it rains, then it is like riding on ice.

Gildo slept here: Gildo dormiu nesta vila

See the log cabin Gildo slept last night. Veja a cabaninha de madeira que ele dormiu ontem.

Veja o sorriso de satisfação de ter ido ao extremo norte do Alaska. See the satisfaction smile for the mission accomplished.

Despedida. Goodbye,Farewell.

Com dor no coração, vendí para a revenda BMW daqui de Anchorage, minha querida moto, companheira de muitos km e que me protegeu tão bem nos buracos, curvas com areia e óleo, da chuva fria e do bafo quente do deserto. Junto com ela foram se as malas de alumínio cheia de decalques com as bandeiras dos países que andei e motivo de tantos comentários  das pessoas que admiravam as motos sempre que parávamos para abastecer ou  mesmo nos sinais de transito. Mas chega de sentimentalismo. Outro, espero, continuará a tratar bem dela como eu fiz.

Gildo parte amanhã para o parque nacional de Denali, e disse que vai mais para o norte até o circulo Artico, para pelo menos tirar uma foto. Ele vai continuar mandando fotos com detalhes e vou continuar  escrevendo o blog. Faltam só 16.000 km para ele terminar a viagem…

Eu Embarco para Fort Lauderdale as 10 da noite, e vou cuidar do Joelho ( espero não ter de operar) das costas, do coxis, e do esporão no calcanhar direito… Se o dinheiro, a saúde e os compromissos permitirem, vou tentar alugar uma moto em Setembro para fazer a parte de Quebec e Montreal junto com o Gildo. Portanto mantenham se ligados para mais fotos e detalhes da viagem do Gildo.

Abraços à todos.

With a broken heart, I sold here in Anchorage to the BMW dealer, my dearest bike, that protected me in so many miles, from the cold rain, the heat in the desert, the sand and oil on the road, always generous with my piloting mistakes. Together with her, also went the aluminum saddle bags, full of stickers from all the countries and places that I have visited, which was many times, motive of comments from people admiring the bikes.I hope the person who is buying it have the same happines that I had.

Gildo will departure alone tomorrow morning and is going north to the Denali national park and a little even further north until the Arctic circle. He will continue sending pictures and details of the places and I will update the blog, so we can all travel together with Gildo.He still has to cover 16,000 km or around 10,000 miles. So, keep visiting it and making comments it really help when we are alone on the road.

Cheers

Homero

The city of Homer. A cidade chamada Homer

Today we visited Homer, a fishing village, considered the capital of the Hallibut. It is about 250 miles south of Anchorage and where they say the land ends and the sea starts. This is probably my last post, as I am returning home to Florida, by airplane on Friday night and Gildo is continuing the trip back, alone, this time until Seattle. I am going to try to sell my bike here in Anchorage, tomorrow. If cannot do it, I will ship it back to New York and will re start again late August, beginning of September, to do the Quebec, and Montreal part. Gildo will be crossing the Canada alone and will meet with me later in September.

So, for the time being, thank you very much for following our blog. Will decide later if will continue posting Gildo’s picture. Keep in touch then.

Cheers

Homero

Hoje visitamos a cidade de Homer, ao sul de Anchorage, que se auto denomina a capital mundial de Hallibut ( peixe parente do Linguado, mas que pode passar de 150 kilos.) Provavelmente este é meu ultimo post, uma vez que estou voltando para casa, de avião, na sexta feira. Gildo continua sozinho até Seattle, e eu vou tentar vender a moto aqui em Anchorage ( preciso do dinheiro no momento) mas se não conseguir, vou despachar de barco até Seattle e de lá vai de caminhão para o norte de New York, onde tentarei encontrar com o Gildo no final de Agosto, inicio de Setembro, para fazer  a parte de Quebec, Montreal e Nova Escocia. Obrigado por seguir nosso blog, com as palavras de apoio durante a fase de dor ( estou otimo no momento, desde que não ande de moto…) Vamos decidir ainda se vou continuar colocando as fotos do Gildo no Blog. Portanto visite o blog de vez em quando para saber das novidades dele.

Grande abraço

Homero

Gostei do nome da cidade… I like the name of the city…

Peninsula de Homer ao fundo. Homer on the background

Click na foto para abrir em tela grande e ver os detalhes. Click on the picture to open in full screen to see the details.

Aguia Careca do Alaska, com peixe nas garras. Bald Eagle with fish on her paws

auto Estrada entre Anchorage e Homer. Highway between Anchorage and Homer.

Homero em Homer. Homero on Homer.

This is the last of the 3 posts of Today. Este é o ultimo dos novas 3 posts de hoje.

Depois de 12 horas pilotando, este foi o melhor lugar que dormimos, em toda a viagem. After 12 hours on the bike, this was heaven. Best place we ever slept.

Baby Grizzly
Glaciar perto de Anchorage/ Glacier near Anchorage.
It was cold, raining but the view was spectacular. estava chovendo, frio, ventando, has a vista era espetacular.
Fim de um longo dia, com 800 km nas “costas” End of a long day of 800 km

More pictures. Mais Fotos

Alaska Highway/ Canada

Alaska Highway / Canada
Reabastecendo antes de pegar a Alaska highway em um pedaço muito dificil, com poucas opções. Logo depois o tempo fechou, e a temperatura despencou. Filling the tank before taking on the Alaska Hwy on a very difficult ( but most beautiful) stretch. Minutes later the temperature dropped and it started rain.

See the previous post for more pictures. Vejam o post anterior para mais fotos.

Tempestade no nosso caminho. 3,5 graus Celcius, e muita chuva Tivemos até Granizo. Storm in our path. Lots of rain and 38.3 F. We even got some hail.

ALASKA 2012

As fotos. The pictures

No words needed… Não precisa de texto. Simplesmente lindo.

Sign Post forest. 76,000 signs. Floresta de placas. Interessante e historia. http://en.wikipedia.org/wiki/Watson_Lake,_Yukon
Quando tinha um carro na frente, ele “avisava” que tinha terra… That’s how we knew there was dirt ahead…
São paisagens assim que compensam as longas horas sentado na moto. Places like this more than compensate the long hours on the saddle.
Areia, e brita apareciam de repente… From nowhere, sand… Loose gravel. Have to be very aware not to be caught by surprise.
Parece facil, mas era um paredão. It looks easy, but it was a very steep wall.
ALASKA 2012

Estamos em / We are in ACHORAGE, ALASKA.

12.900 km , 24 dias, Coxis moido, Perna inchada, costas em frangalhos. Mas valeu a pena. Temos mais de 1000 fotos. Estamos num hotel com boa internet, mas não vou conseguir colocar nada hoje, pois mal estou conseguindo teclar. Foram quase 800 km debaixo de muita chuva, 5 graus de temperatura, pista com brita solta em grande parte, exigindo muita atenção pois aparecia do nada, as vezes na curva. Amanhã coloco as fotos. os ultimos dois dias apesar de muito cansativo devido à chuva, frio e pista perigosa, foram de paisagens fora do comum de tão bonito.  Missão cumprida, comprida e dolorida. Abraços

7800 miles as per my gps, 24 days, lots of pain in my coxix, leg, knee and shoulder, but it was worth it. We have more than 1000 pictures and we are in a Hotel with good internet, but I am exhausted to do it tonight. The last two days we had very hard conditions, with rain, low temperature ( 41 F / 5 Celsius) , loose gravel on the road,  potholes and low visibility.

Tomorrow I will post all the pictures from the last two days, which we think were maybe the most spectacular of the trip.  Cheers

Homero

ARAAAAAASSSSKA !!!!! Finally.

ALASKA 2012

Alemã Pelada e os Ursos. The Bears, Finally.

Muito cuidado ao cruzar com eles… Have to be very careful when passing by.

Este foi o primeiro. This was the first.

O ponto preto acima é ele… O Urso. The black spot above, is the Bear.

Besouro Assassino… The killer bug…

Lindo, Deserto, natureza pura. Beautiful, untouched nature.

Quanto mais rustico melhor. The more wild and rough the better.

Fizemos 918 km hoje. Gildo já está dormindo. A internet é lentissima e provavelmente nao dará para colocar fotos. Estrada lindissima, muito parecido com o Chile, na Carreteira Austral. Quando eu fui para a Alemanha a primeira vez, fui com um grande amigo Paul Sandweg, a mulher dele na Época, Monica, minha falecida esposa Bruni e eu, em um lago. No verão. De repente eu ví uma mulher de top Less ( 30 e tantos anos atras era um acontecimento ver isto em local publico) e eu disse: wow, olha lá, uma mulher com os peitos de fora… 2 segundos depois mais outra, e depois mais tantas outras… no fim de 20 minutos nem chamava mais atenção… Pois é, Urso nestas bandas é assim tambem…o primeiro paramos , tiramos fotos, etc, no final nem parava mais. Vimos pelo menos uns 10 ao longo da estrada. Quando tiver uma internet razoavel, coloco as fotos. Bom, Disseram que tem muitos insetos, mas hoje levei uma bezourada no espelho retrovisor que estilhaçou o espelho. E ainda nem chegamos no Alaska…

Estamos numa cidade de 900 habitantes, chamada Watson lake, bem na divisa entre British Columbia e o territorio do Yukon. É lindo o local. Faltam ainda 1600 km pra chegar em Anchorage… No fim do dia, minha perna, do joelho machucado, pra baixo fica pelo menos 50 % mais inchada que a perna normal. Não sinto dor… mas assusta. Gangrena? Hoje de manhã andei uns 100 km sem sentir nenhuma dor nas costas. No fim do dia parecia que alguem tinha fincado um gancho daqueles de açougue e pendurado um piano nas minhas costas. Piano de cauda. Mas o pior de tudo é o Coxis que voltou a tornar minha vida insuportavel. Um amigo do Gildo,Carlos Veiga, Medico Ortopedista, sugeriu uma massagem com o cutuvelo no ponto que doi nas costas. Mas coxis que mamã passou talquinho, ninquem mete o cutuvelo. Sendo assim, vou continuar pilotando de pé de meia em meia hora. O problema é que quando fico em pé, sou metralhado com mosquitos , borboletas, besouros na cara. Bom, vou capotar, que amanhã tenho mais 800 km pela proa e o Gildo com insonia as 7 tá de pé… estou sonhando poder chegar na minha casa e dormir até as coisas melhorarem, sem horario nem 900 kms pela frente.

Abraços

today we rode 556 miles or around 918 km. The internet is so slow, I will not be able to upload any picture. There were so many bears alongside of the road that at the end , we were not even stoping to look at it. As we go north, the mosquitos and the bugs are getting more aggressive. Today I hit a beetle that broke the glass from my read mirror. It as really big bug. We are in Watson Lake, a very small town with 900 people. It is on the border of the Yukon Territory, and from now on we will turn West toward anchorage. We still have 1600  km to go, so I hope to be in Anchorage by Monday the latest.

The pain in the coxs is not going away and by the end of the day, everything hurts, except my knee, but when I remove my boots at night in the hotel, my left lower leg is at lest 50 % larger than the leg with no knee problem.

I am very tired now. have to sleep. Tomorrow, another 500 miles is waiting for us.

Cherrs